English version
Uma entidade do
 Buscar
Página Inicial Links Rede CNI Newsletter RSS Fale Conosco
Página inicial  > CNI em Ação > Educação > Formação profissional
Educação
 < voltar
Formação profissional
Tamanho do texto: A-   A   A+
Garantia de mão-de-obra qualificada

Para que as indústrias se tornem competitivas nacional e internacionalmente, não basta empenhar verba em máquinas ou recursos naturais. É preciso ainda dispor de mão-de-obra qualificada, capaz de se adaptar às constantes mudanças tecnológicas e de enxergar desafios e encontrar soluções.

A CNI acredita que, somente com ensino profissional de qualidade, o Brasil conseguirá alcançar o desenvolvimento sustentável. Para atender as demandas da indústria, a CNI conta com o apoio do SENAI, maior instituição da América Latina de educação profissional, que oferece cursos para formação de mão-de-obra de qualidade e desenvolve serviços tecnológicos e soluções para o setor.
08/12/2010 | CNI propõe integração entre ensino médio e profissionalizante

O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, defendeu na quarta-feira, 8 de dezembro, parcerias do governo com a iniciativa privada para melhorar a qualidade da educação do país. Na reunião da bancada nordestina da Câmara dos Deputados, realizada na sede da CNI, em Brasília, Andrade informou que sugeriu ao ministro da Educação, Fernando Haddad, a possibilidade de estender o ensino profissionalizante oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) às escolas públicas e privadas do país.

Segundo Andrade, a CNI tem uma proposta de educação integrada do ensino médio oferecido pelo Serviço Social da Indústria (SESI) com o profissionalizante do SENAI. “Essa integração poderia ser estendida para os jovens nos ensinos médios de outras escolas públicas e privadas”, propôs Andrade. A idéia é que os estudantes comecem, desde o ensino médio, a ter uma qualificação profissional.

Além da qualidade da educação, Andrade reafirmou a posição da CNI com outras questões importantes para o país e, em especial, para o Nordeste. “Entendemos a necessidade de políticas de desenvolvimento para a região. Temos muitas afinidades e podemos trabalhar de forma conjunta”, enfatizou.

O presidente da CNI lembrou de um estudo feito pela entidade sobre a logística do Norte do país, que subsidiou propostas para o desenvolvimento da região. “Por meio de uma parceria, poderíamos fazer um estudo da logística da região Nordeste”, sugeriu Andrade. Ele lembrou ainda que a CNI pediu ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, a prorrogação da isenção do adicional de 25% do frete de renovação da Marinha Mercante para os estados do Nordeste. A isenção expira no dia 31 deste mês. A prorrogação foi um pedido dos presidentes das federações de indústrias do Nordeste.

Com cerca de 70 participantes, a reunião da bancada contou com a participação dos governadores da Bahia, Jaques Wagner (PT), e de Sergipe, Marcelo Déda (PT), além do presidente do Banco do Nordeste, Roberto Smith. O coordenador da bancada, deputado federal Zezéu Ribeiro (PT/BA), ressaltou a importância de políticas diferenciadas de desenvolvimento para o Nordeste, com o fortalecimento de entidades como a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Roberto Smith defendeu a ampliação dos recursos para financiamento dos investimentos no Nordeste. Ele informou que todos os recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para 2011 já estão contratados. “Os recursos do Fundo são exíguos para as necessidades do Nordeste”, acrescentou Smith. Segundo ele, os recursos que o Tesouro Nacional repassa para os fundos constitucionais, como o FNE, está aquém da demanda. Os governadores Jaques Wagner e Marcelo Déda destacaram a importância do Nordeste para o país. “O Nordeste quer ser ouvido, porque ele tem como contribuir com o projeto nacional.”

Ações Anteriores
08/12/10 - CNI propõe integração entre ensino médio e profissionalizante
20/10/10 - Pesquisa da CNI revela retrato da educação no Brasil
31/10/08 - Confira o resultado da promoção Vida de Indústria
06/11/08 - Governo e setor privado ampliam ensino profissional
15/08/08 - Conheça a história da indústria e ganhe prêmios
Serviços do Sistema Indústria > · Banco de Talentos · Editais e Licitações
 
Escritório São Paulo
CNI - Confederação Nacional da Indústria
Rua Olimpíadas, 242, 10º andar, na Vila Olímpia
São Paulo - SP - Tel. (11) 3040-3860
Sede
CNI - Confederação Nacional da Indústria
SBN - Quadra 01 - Bloco C - Ed. Roberto Simonsen
Brasília - DF - CEP:70040-903
Tel. (61) 3317-9000
Fax. (61) 3317-9994
Contador de páginas